• cacarecos de viagem

Porto Seguro: Expectativa x Realidade


Ah Porto Seguro. Foi bom heim. Mas durou muito pouco.

Tá na hora de fechar para o balanço e ver o que acertamos e o que erramos feio!

>>Tudo será muito cheio Realidade: Verdade seja dita. É tudo bem cheio mesmo, das praias ao centrinho à noite. As praias obviamente já foram descobertas pelo planeta, mas está longe de ser tipo Guarujá onde vc não consegue espetar um guarda sol. A verdade é que as praias são muito bem organizadas pelas diversas barracas e isso torna o dia mais tranquilo. Essa organização garante uma certa segurança. Deixamos nossas coisas muitas vezes sozinhas e nada foi mexido. Isso em Porto Seguro e arredores. O centrinho à noite que é mais muvucado. Parece que a Bahia inteira foi pra lá. É gente passando de um lado e parando do nada pra ver o artesanato. O trânsito é um caos. Achar vaga pra estacionar na rua é um desafio e ainda precisa pagar uma espécie de zona azul. Colocamos créditos por hora que podem ser utilizados enquanto estiver na cidade.

>>Muitos turistas mal educadas Realidade: Achei mesmo. Só que não. Quer dizer, sempre tem um e outro meio sem noção, mas no geral achei as pessoas bem comedidas. Não vi gente arremessando lixo nem esquecendo a latinha de cerveja sem querer por lá.

>>Os moradores serão cordiais e gentis Realidade: Ahh, o baiano. Ô povo simpático e engraçado. Eles são atenciosos e sempre tentam ajudar. Se vc puxa papo com um, ele é capaz de te convidar até pra jantar na casa dele. Afinal de contas, sorria, vc tá na Bahia.

>>Muita gente pedindo tudo Realidade: Isso foi uma coisa que achei que encontraríamos bastante por lá, mas não. Fomos abordados mesmo foi pelos carinhas vendendo pacote em qualquer fila que parávamos. Um ou outro vendendo água, mas raramente pedindo dinhero ou coisas do tipo.

>>Tudo será absurdamente caro Realidade: Então, aqui é sim e não. É e não é. Já explico. Achamos a cidade no geral com preços muito bons. Nada super caro. Ao contrário, almoçar nos restaurantes que há por lá saíram em preços bem honestos. Mas quando digo que não, é porque ao visitarmos algumas praias nos deparamos com preços altos e abusivos. Pensem só, a gente não bebe, come uma porção ou outra e os caras cobravam 60 reais por consumação mínima, por pessoa. E essa foi uma das mais baratas viu! Precisava dar uma caminhada ou pesquisar pra achar barracas que não trabalham nesse sistema.

>>A água do mar será morna que nem xixi Realidade: Ai. Essa era a única certeza que eu tinha. Estava tão certa que cairia numa piscina de xixi que chegando lá me joguei e o susto foi feio com água fria que não combina nada com a Bahia. Entenda, a água era fria, não gelada. É aquela água que vc precisa ir se afundando aos poucos, mas depois de colocar a cabeça, fica uma delícia. Mas esperava uma água morninha que nem em Carneiros.

>>As praias de Trancoso serão lindas de morrer e desertas Realidade: Linda de morrer sim. Deserta não. Vc até anda e acha lugares mais reservados e sem barracas e normalmente onde não há barracas não há gente, mas sempre tem um ou outro andarilho por ali querendo curtir a mesma paisagem.

>>O Sol vai castigar e aparecerá todos os dias Realidade: Castigou e castigou bonito. O sol da Bahia frita a pele da gente. Até pra mim que sou mais moreninha, ele não perdoou. E detalhe, com 2 dias de céu encoberto. Quando o sol resolveu aparecer eu já estava vermelha que nem pimenta. Aí não tem jeito, é protetor e Caladril para dar uma aliviada e a paz de estar num mundo de aloe vera e menta!!

>>Vamos aproveitar mais as praias de Porto Seguro do que as de fora Realidade: Na na ni na não. Porto Seguro tem praias até bacanas, mas um pouco mais cheias com barracas super estruturadas. Numa tarde fomos lá conhecer a Toa Toa. UAU. Tinha até show de axé. Muito irado, parecia uma casa de show. Mas isso leva muita gente pra praia então ficamos mais no eixo Trancoso - Arraial.

>>Os artesanatos serão caros e fora da realidade Realidade: Oi? Queria trazer tudo porque além de lindo era de graça. Vou colocar uma ordem de grandeza para terem ideia: travessa de madeira polida e linda: 25 reais. Petisqueira giratória com garfinhos: 25 reais. Barquinho de madeira: 20 reais. Era essa a faixa de preço. Compramos cocada todos os dias: 3 por 10. Comprei um joguinho de pimentas com um suporte de madeira: 20 reais... Poderia ficar aqui até amanhã. Pena que não cabe na mala tudo que a gente.

>>Vamos ouvir axé o dia todo, todo dia Realidade: Quem dera. Apesar de axé ser a música oficial da Bahia e ouvirmos vez, ou outra, a galera também curte outras coisas. Que saco! Tinha um cara na Praia do Espelho que tocava bem, cantava bem, mas nada de axé. Aquele sol maravilhoso, praia, côco, peixe, camarão, e Djavan?? Não dá né. Não orna!

E vc? Já foi a Porto Seguro? O que achou? Conta aí pra gente.

0 visualização
Sobre nós

Somos um casal apaixonado por viagens e as experiências que trazemos no coração e na mala.

São muitas lembranças e cacarecos.

Dê uma espiadinha

© 2020 by Cacarecos de Viagem

Próximo Cacareco
  • Cacarecos de Viagem