• cacarecos de viagem

Prossima fermata: Colosseo

Atualizado: 27 de Mai de 2019








É claro que o cacareco não poderia ser mais clichê. S2 + Roma + Coliseu...

Não sei nem como começar esse texto.  Estar em Roma é uma experiência única, por isso escrever sobre ela é tão difícil. Afinal, Roma não é uma viagem,

é uma experiência.

Você chega em Fiumicino já sabe que está em território italiano: a língua, as pessoas falando alto e gesticulando, algumas as vezes até bem mal humoradas. Ahhh. E daí? Você está na Itália.

Alguns lugares no mundo são bem clichês e Roma tem uma dezena deles, mas nenhum é tão óbvio (e incrível) como o Colosseo, ou para nós, apenas Coliseu.


Esse é aquele lugar que todo mundo espera ver até do avião (eu confesso que procurei por ele e pela torre Eifel em Paris...), mas a verdade é que ele está bem longe do aeroporto, então desista.


COMO CHEGAR AO COLISEU? De metrô: Se você estiver de metrô, irá embarcar na linha Azul (que durante a semana é cheia como em SP) e desembarcar quando escutar "prossima fermata, Colosseo".  Se der sorte, e de primeira acertar a saída, irá dar de cara com um dos monumentos mais conhecidos do mundo.

De ônibus: Bom, se tiver de ônibus deverá descer no ponto bem perto do Sacrario delle Bandiere, um prédio branco (de mármore, claro, lindo de morrer!) e seguirá reto pela Via Dei Fori Imperiali.

As distrações serão inúmeras, pois de um lado e do outro o que se vê são as ruínas da cidade antiga de Roma, os seus templos e fóruns. Mas segura a emoção que a hora deles vai chegar.

A entrada Conforme você segue caminhando pela via, o Coliseu vai se formando à sua frente. Ele vai aparecendo, aparecendo e de repente você vê todo aquele monumento e... a fila. Hahaha Claro que vai ter fila no Coliseu. Por isso, como um turista bem prevenido já havíamos comprado o ingresso com antecedência. Quando fomos a primeira vez à Roma compramos um RomaPass no aeroporto que dava direito a visitar o Coliseu + Fórum Romano + Palatino (e muitas outras coisas) sem precisar pegar fila (skip the line). Na segunda vez compramos o bilhete online, que dá direito às três atrações, e também não precisamos pegar a fila, mas fizemos um roteiro diferente e nos atrapalhamos um pouco com esse bilhete.

PAUSA PARA EXPLICAR O ROLO: Acontece que o bilhete para o Coliseu + Fórum Romano te dá a possibilidade de usa-lo 2 dias, e no primeiro fomos ao Fórum. No segundo fomos ao Coliseu e não deixaram a gente entrar porque eu deveria ter começado pelo Coliseu para usar essa modalidade (confesso que não entendi isso muito bem e o atendente não tinha muita paciência para me explicar em inglês, então ficamos na mesma e não entramos no Coliseu ).

#DICAEXPRESSA: Se chegar ao Coliseu e a fila estiver grande, entre pelo fórum romano pois há um acesso por dentro e você pode entrar no teatro sem filas.

Por dentro da arena e só um pouquinho de história Enfim, com o skip the line você vai diretamente e segue andando ao redor do teatro, até que consegue achar um acesso às arquibancadas, que não existem mais, e finalmente enxerga-lo por dentro.




E é tudo aquilo mesmo. O Coliseu, de mármore travertino, deteriorado por tantas razões que vão muito além do tempo. Ele cresce na sua frente e você leva até um susto porque ele é realmente magnânimo. Digno de um império como foi o românico que conquistou grande parte da Europa e parte da Ásia e África.


Inaugurado por Tito em 80 D.C., o tamanho da estrutura (quase 50 metros de altura), capaz de comportar cerca de 75.000 pessoas e a sua perfeita técnica fez dele, e faz até hoje, um monumento único em todo o mundo.


O Coliseu foi construído onde antes havia um lago privado artificial feito por Nero para o seu palácio real. A verdade é que a construção dessa grande arena foi feita para agradar o povo que ainda viva no esquema do "pão e circo". Melhor pra gente né?!


O "palco" está bem deteriorado, é verdade, de longe parece um formigueiro com tantos buracos, mas eles só confirmam ainda mais o tempo do lugar... Do alto parece um labirinto, mas são, na verdade, os corredores por onde os gladiadores e os animais passavam.

Muito se discute lá foram mortos cristãos na época da perseguição. Nas placas informativas ao longo da arena diz que não. Cristãos eram mortos em outro local em Roma, mas não ali.

O Coliseu é bem grande e você poderá subir aos pavimentos das arquibancadas e sair no acesso de onde se vê a rua. Lá de cima você enxerga o arco de Constantino, o Fórum Romano e o Palatino. A vista é linda e privilegiada.


Se o dia estiver ensolarado então, a vista será perfeita e... quente.

Em Roma faz muito calor no verão, muito de verdade. Por isso de novo eu falo, água e protetor solar nele. Como o Coliseu é praticamente aberto o tempo todo, se possível use um boné ou chapéu pois o passeio lá é longo e você ficará exposto ao sol algumas horas. Quando fomos na primeira vez, havia um palco de madeira montado em cima do palco original. Era cesso vip. 

Eu li em algum blog que se falava muito em usar o Coliseu para shows, mas não é possível porque a vibração do som poderia comprometer a estrutura do teatro. Mesmo assim isso já aconteceu e conta-se que os romanos ficaram enfurecidos.  Em vários pontos há placas explicando como era o lugar, como aconteciam os eventos e tals. Tinha até uma placa explicando o mecanismo do palco para liberação dos animais nas lutas com os gladiadores (no caso os animais eram ursos e leões, ui).


Ficamos no Coliseu pelo menos umas 3 horas para ver tudo. Cada vez que saíamos para acessar outro ponto e voltávamos para a arena ficávamos impressionados. Como qualquer outro canto em Roma, quanto mais cedo chegar, melhor porque estará mais vazio e você terá menos estranhos na sua foto. A gente não deu muita sorte e esse nosso "amigo" saiu na foto, rs.


O Coliseu é cercado por sítios arqueológicos importantes, como o Fórum Romano, o Palatino, o Circo Máximo e o parque do Aquedutos. Todos eles são ao ar livre e se dependendo do horário o Sol irá te castigar. O ideal é voltar num horário que esteja mais fresco, se não você logo desistirá do passeio.


O Coliseu a noite

O Coliseu a noite também é um esptáculo. As luzes ao seu redor são acesas e é possível ver de longe o grande teatro todo iluminado. Se tiver a oportunidade de ir caminhando até o Colosseo pela Via dei Foro Imperiali, melhor ainda, porque todo o fórum fica iluminado.



Na Via dei Foro Imperiali, dê uma paradinha na frente da Coluna de Trajano. Ela é completamente entalhada em mármore e retrata diversas cenas.

O monumento tem 30 metros de altura, e por dentro há uma escadaria com mais de 180 degraus. Há alguns buracos, que funcionam como pequenas janelas de onde é possível ver do lado de fora. Você pode observa-la de dia e a noite. Nos dois períodos ela é linda. =)


Turiste bastante. Não tenha vergonha de se render aos pés do Coliseu como um turista babão. A Itália é maravilhosa e Roma é só o começo.

Where to next?

13 visualizações
Sobre nós

Somos um casal apaixonado por viagens e as experiências que trazemos no coração e na mala.

São muitas lembranças e cacarecos.

Dê uma espiadinha

© 2019 by Cacarecos de Viagem

Próximo Cacareco
  • Cacarecos de Viagem